9 dicas simples para aplicar o Feng Shui na decoração de casa



 



É sempre bom deixar o ambiente equilibrado.
Image title
  

Você provavelmente já ouviu falar sobre a técnica chinesa milenar do Feng Shui, que diz respeito à energia vital que circula na casa. Alguns dos seus conceitos são difundidos por aí sem entender bem o porquê - como o tabu de usar espelhos na decoração e que não se pode usar cores escuras nas paredes.
  

A arte de harmonização é complexa e tem efeitos em todos os aspectos da vida (e do lar), mas você pode colocar em prática dicas objetivas para emanar para o universo boas energias para o próximo ano!
  

1. Onde colocar a cama?
  

A cama deve ficar em uma parede que não tenha janelas nem portas, chamada de "cega". E também que ela fique voltada para a porta, mas não que os pés estejam de volta para ela. Talvez um item retrô e não tão usado hoje em dia, a cabeceira tem um papel interessante no ambiente. "É interessante que as camas tenham cabeceira, pois ela simboliza a segurança. E evitar que elas fiquem na parede que divide o quarto e o banheiro é legal", ensina.
  

2. Harmonia para o casal
  

Se você mora com alguém, o quarto é o espaço dedicado para o sono e também reflete as energias do relacionamento. Uma maneira simples e bem prática de fazer isso é colocar um criado-mudo (ou o equivalente) igual para os dois/as duas. Além disso, invista nas cortinas que vão até o chão: elas simbolizam a parte carinhosa da relação. 
  

3. Espelhos: pode ou não pode?
  

Calma, nem todo espelho vai trazer más energias ou afastá-las da sua casa! O jeito é entender as posições deles nos ambientes e aí sim usá-los a seu favor. " Os espelhos não podem ficar refletindo a cama, devem ser amplos. Isso porque a reflexão da cama pode causar insônia. Na entrada (hall social), é legal ter um espelho ao lado da porta para ampliar o espaço. Ele também pode estar refletindo a mesa de jantar, ampliando a prosperidade da casa. Já em um corredor muito extenso que termina em uma porta ou em uma parede, ajuda a puxar a energia". Ah, e fica combinado que eles estarão em boas condições, ok?
  

4. O drama das cores
  

Com certeza você já sabe que cores claras e neutras trazem paz e tranquilidade para o ambiente - e provavelmente que o preto é uma cor para se fugir. A verdade é que cada cor inspira uma sensação no indivíduo e isso deve ser respeitado de acordo com o local: no quarto é preferível usar cores claras, pois é o local onde se dorme. Já em ambientes pequenos a cor escura podem passar a sensação de opressão e deixar o cômodo ainda menor, mas ainda podem ser usadas em uma parede só por exemplo. "O vermelho por exemplo é uma cor de ação, de agitação, bem como o laranja. A cor tem uma energia muito forte e o legal é equilibrar as claras com as escuras, que também simboliza o movimento de equilíbrio do lado feminino e masculino". Se quiser trazer vida de um modo equilibrado, prefira tonalidades leves nas paredes e vá de tons vibrantes nos objetos de decoração, como quadros, almofadas, móveis e louças.
  

5. Organize-se!
  

"A bagunça de modo geral afeta a clareza mental. Livros de estudos, contas para pagar e outros documentos juntos na mesma mesa causa a sensação de confusão, por isso, o ideal é deixá-los separados de acordo com suas funções. A mesa de trabalho precisa ser o mais limpa possível, pois isso ajuda a organizar a mente. A organização de qualquer parte da casa é também a forma de alinhar o pensamento."
  

6. Sala de estar receptiva
  

Para receber os seus convidados bem e estimular a alegria desse cômodo, mantenha o seu sofá, poltronas e cadeiras para a porta - assim você não estará "de costas" para as visitas! Modelos em L ou em U são bacanas e podem ser preenchidos com almofadas coloridas ou estampadas. "Elas são as responsáveis pelo diálogo da casa, estimulam a convivência entre as pessoas. Por ser um ambiente de recepção, a sala de estar com cores diferentes ajudam a deixá-lo mais sociável".
  

7. Cozinha do dinheiro
  

Sabia que os armários da sua cozinha são o símbolo do fluxo financeiro? Pois bem: mantê-los caóticos e com produtos vencidos não são bons presságios para a sua vida financeira. É importante checar a validade dos produtos, incluindo remédios, potes sem tampa ou quebrados devem ser jogados fora, pois isso tudo é reflexo da saúde do bolso. Independente de serem armários abertos ou fechados, a ordem é o que interessa. E deixe objetos cortantes como facas e tesouras guardados (e não expostos).
  

8. Área de fogo
  

Na sua cozinha também fica localizado um item importante, por vezes não tão companheiro quanto você gostaria, mas extremamente importante de acordo com o Feng Shui: o fogão. Um símbolo da saúde e prosperidade como esse deve sempre estar limpo, funcionando perfeitamente e ser utilizado de tempos em tempos. Nem que seja para esquentar água para o café! Aqui vale a lei das cores: por ser o espaço do fogo, a cor vermelha pode sobrecarregar o ambiente. O branco aliás é sempre uma boa aposta .
  

9. Plantas do bem
  

Sim, as plantas e flores realmente têm impactos positivos nas nossas vidas muito além da beleza! Seja na saúde ou na decoração elas são responsáveis pelo bem-estar que sentimos quando estamos em casa. Por isso, a dica é apostar em espécies que sejam práticas e fáceis de cuidar. E ainda dá uma dica para o final do ano ser recheado de boas energias: combine as flores brancas com ervas. Isso protege o ambiente nessas ocasiões de muitas visitas! Confira algumas indicações:
O lírio-da-paz renova o ar, sendo uma ótima opção para qualquer ba-guá da casa.
Espada-de-São-Jorge: boa para lavabos e varandas, que traz proteção.
Árvore-da-felicidade macho e fêmea no mesmo vaso: boa para relacionamentos.